Centenario Universidade do Porto
Myspace U.PortoFacebook U.PortoTwitter U.Porto
NEWSLETTER
 
 

Miguel Cadilhe: “Gostaria que a U.Porto fosse vista como uma referência mundial da ciência e da cultura”

  Partilhar
O Olhar de...

- Economista português

- Ministro das Finanças dos X e XI Governos Constitucionais (1985 – 1990); Secretário de Estado do Planeamento (1980)

- Administrador do Banco Português do Atlântico / BPA e do Banco Comercial Português / BCP (1997-2001), presidiu ao Banco de Fomento e Exterior / BFE e ao Banco Borges & Irmão / BBI (1992-96), à API - Agência Portuguesa para o Investimento (2002-05) e ao Banco Português de Negócios / BPN (2008)
- Antigo estudante da Faculdade de Economia da U.Porto (FEP), com Licenciatura em Economia (1968). Foi docente da FEP em vários anos entre 1968 e 1985

 

- Como teve origem e se tem vindo a desenvolver a sua ligação à Universidade do Porto? Que principais momentos guarda da sua experiência enquanto estudante/professor  da U. Porto?

 

Foi em 1963, vinha da terra do Eça, do bom convívio de sete irmãos, um pouco desprevenido, havia tido uma vida rodeada de afectos e amigos, tinha aprendido com uma excelente e exigente professora primária  a que se seguiu um liceu de bom ensino, de repente vejo-me na Faculdade de Economia, era ali nos Leões, apertada pela magnífica Reitoria e pela veneranda Faculdade de Ciências... Frequentemente, fazia a viagem de comboio entre a Póvoa e a Trindade, percorria a pé aquelas ruas da cidade para ir às aulas e voltar, o trajecto no inverno era mais duro do que agora, fazia mais frio e chovia bastante mais, o Piolho era um bálsamo... Depois, dei aulas de várias disciplinas, das quais guardei um lugar especial para a estatística e a macroeconomia, fiz parte da comissão de reestruturação da FEP dos fins dos anos setenta, envolvi-me em algumas coisas mais e finalmente passei a uma natural intermitência de relações com a minha Universidade.


- Qual a importância da U. Porto no seu percurso profissional?

 

Imensa.


- Como avalia o papel desempenhado pela Universidade no seio da comunidade (cidade, região, país) e de que modo ele se poderá projetar para o futuro?

 

Avalio muito bem. E será cada vez mais importante.

- Que caminho deverá ser percorrido para afirmar cada vez mais a Universidade no contexto regional, nacional e internacional?

 

Deve ser o caminho que vem percorrendo... Que é o oposto do imobilismo e do contemplativismo. São caminhos de qualidade, criatividade, universalidade. É o caminho dos actos producentes, ou se quisermos da produtividade, sem o que uma instituição não vive, vegeta. Um caminho que permite atravessar as vanguardas da técnica, da ciência e da cultura, apostar na internacionalização e na exportação de investigação e saber. Caminho que afirme uma crescente autonomia financeira perante o orçamento do Estado e diga não a qualquer forma de despesismo.

- Que Universidade do Porto gostaria que fosse celebrada daqui a 100 anos?

 

Gostaria que nos 100 anos, e muito antes disso, a U.Porto pudesse ser vista como uma referência mundial da ciência e da cultura.

- Mensagem alusiva aos 100 anos da Universidade do Porto .

 

Brindo com um Porto à saúde e em homenagem a todos quantos, no dia a dia, trabalham e estudam na a U.Porto, funcionários, professores, investigadores e alunos e, assim, respeitam a história da instituição e a memória de todos os que tornaram possível o justo prestígio que é a melhor razão para comemorarmos o centenário da a U.Porto.

 

Foto: EPA

 
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
« Retroceder  |  Topo da Página  |  Imprimir
«AGOSTO 2016»
DSTQQSS
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
PRÓXIMO EVENTO
Dia da Universidade 2012 22 de Março de 2012

A tradicional Sessão Solene do Dia da Universidade será o ponto culminante das celebrações do Centenário da Universidade do Porto. Pelo Sal...

 
 
FICHA TÉCNICA   |   POLÍTICA DE PRIVACIDADE   |   TERMOS E DIREITOS
copyright 2010 U.PORTO todos os direitos reservados       PRODUCED BY 4Best 4Best

Website
Arquivado