Centenario Universidade do Porto
Myspace U.PortoFacebook U.PortoTwitter U.Porto
NEWSLETTER
 
 

Adriano Niz: “Precisamos dos melhores para fazer o melhor trabalho”

  Partilhar
O Olhar de...

- Nadador português

- Atleta do SL Benfica, conta no currículo com mais de 200 recordes e títulos nacionais e universitários de Natação. Esteve nos Jogos Olímpicos de Atenas’2004

- Atleta Masculino do Ano na I Gala de Desporto da U.Porto.

- Antigo Estudante da Faculdade de Desporto da U.Porto (FADEUP), com Licenciatura em Ciências do Desporto (2009)

- Como é que teve origem e se desenvolveu a sua ligação à Universidade do Porto? Que principais memórias guarda da sua experiência enquanto estudante da U.Porto?

 

A origem desta ligação entre a Universidade do Porto e a minha pessoa deu-se no ano de 2004, onde entrei na faculdade por mim desejada, que na altura dava pelo nome de Faculdade de Ciências de Desporto e Educação Física (FCDEF-UP), actual Faculdade de Desporto (FADEUP). Foi um ano marcante, pois um mês antes da entrada como caloiro da U.Porto, tinha estado nos Jogos Olímpicos de Atenas (Grécia). Também por esse meu percurso como nadador e desportista olímpico, o meu gosto pelo desporto veio desde cedo a fazer parte da minha vida, o que culminou com a integração na FCDEF-UP.  O 1º ano como universitário foi sensacional e guardo dele imensas memórias que ainda hoje me deixam ficar com um sorriso nos lábios. Desde os momentos de integração como caloiro e conhecimento dos meus "agora" amigos, a passar pela felicidade de passar nos exames, e culminar no espírito académico da Queima do Porto e, claro, sem esquecer o espírito vivido aquando da minha participação nos Campeonatos Nacionais Universitários (CNU’s) de Natação e nas Universíadas.

 

- Qual a importância da U.Porto no seu percurso, não só ao nível da formação, como do ponto de vista profissional e desportivo?

 

A U.Porto teve um papel fulcral na minha vida. Tanto em termos de formação, onde concretizei o desejo de concluir um curso que me dará o meu futuro, como ensinando-me a crescer como pessoa juntamente com a minha família. A nível desportivo, ajudou-me a alcançar competições e provas nas quais, se não estivesse na Universidade, seria impossível participar, como é o caso das Universíadas, que são uma competição à escala planetária que  me fez crescer imenso enquanto desportista.

 

- Como avalia o papel desempenhado pela Universidade no seio da comunidade (cidade, região, país) e de que modo ele se poderá projectar para os próximos 100 anos?

 

A Universidade do Porto e as universidades no seu todo têm um papel essencial na comunidade, pois é delas que saem os profissionais que ajudam a que o nosso país siga um percurso ascendente. É delas que saem os peritos e responsáveis por tentar resolver cada problema na nossa sociedade. Tal como os médicos, engenheiros, professores, economistas, entre todos os outros que têm uma missão importantíssima a realizar na nossa sociedade. Nesse sentido, penso que a Universidade irá projectar-se cada vez mais na comunidade pois precisamos dos melhores para fazer o melhor trabalho e assim tornar o nosso país num lugar mais evoluído, sofisticado e justo.

 

- Que caminho deverá ser percorrido para afirmar cada vez mais a Universidade no contexto regional, nacional e internacional?

 

A Universidade está a percorrer um caminho positivo mas temos de começar a tentar atingir/resolver os objectivos/problemas mais pequenos para conseguirmos olhar para algo superior. Só assim conseguiremos, com uma base consolidada, divulgar e tornar credível e visível que a Universidade é um bem que tem de estar acessível a todos, e tomar consciência que é através do conhecimento e do querer evoluir que se pode almejar a pensamentos e ideias mais evoluídas, possibilitando uma transcendência.

 

- Mensagem alusiva aos 100 anos da Universidade do Porto (formato livre).

 

É um prazer puder ter estado presente numa pequena parte destes primeiros 100 anos de uma Universidade única. É uma Universidade em que, por toda a sua tradição, força e mística, seguramente os próximos 100 anos serão tão bons ou melhores do que os que passaram. A instituição certamente passará esses valores aos próximos, que tornarão a Universidade do Porto, não única no nosso país, mas única no mundo. É para isso que temos de trabalhar e pensar. Em estar na excelência e lutar por isso.

Com isto só tenho a desejar tudo de bom pelos momentos que me fizeram passar e seguramente por aqueles que ainda não vivenciei e que ainda me proporcionarão, e dar os meus PARABÉNS sentidos pelos 100 anos de excelência que a nossa UNIVERSIDADE do PORTO comemora.

Muitos êxitos e continuação de uns magníficos próximos 100 anos.

PARABÉNS!!

 
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
« Retroceder  |  Topo da Página  |  Imprimir
«AGOSTO 2016»
DSTQQSS
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031
PRÓXIMO EVENTO
Dia da Universidade 2012 22 de Março de 2012

A tradicional Sessão Solene do Dia da Universidade será o ponto culminante das celebrações do Centenário da Universidade do Porto. Pelo Sal...

 
 
FICHA TÉCNICA   |   POLÍTICA DE PRIVACIDADE   |   TERMOS E DIREITOS
copyright 2010 U.PORTO todos os direitos reservados       PRODUCED BY 4Best 4Best

Website
Arquivado